top of page

Autoridade para salvar

É preciso ascender nos ideais cristãos e lutar pela dignidade dos povos


A Ascensão do Senhor é a entrada definitiva no tempo do Pai. Esse tempo é o paraíso celestial em que as vidas se unem ao Altíssimo e farão nele sua morada. Será o tempo em que as dúvidas e as corrupções humanas desaparecerão, pois haverá somente a verdade. É o tempo da vida abundante equilibrada, cercada de sentido e cuidados divinos. É a também a consumação de uma história que começou no amor e se funde no amor. Ascensão é subida e permanência na casa comum da felicidade sagrada.


Esta solenidade tão rica para a Igreja traz consigo alguns ensinamentos que despertam o interesse pelo tempo do Pai.


1. Adoração – “que Ele abra o vosso coração à sua luz” (Ef 1,18) para adorar a Trindade em espírito e verdade desde um profundo ato de amor e gratidão.


2. Autoridade – “Eu sou o bom pastor. Conheço as minhas ovelhas e as minhas ovelhas conhecem a mim. Dou a minha vida pelas minhas ovelhas.” (Jo 10,14). A autoridade de Jesus é o serviço e a compaixão.


3. Ensino – “Este é o meu mandamento: amai-vos uns aos outros, como eu vos amo” (Jo 15,12). O Evangelho é a força da santidade. Guardar os mandamentos e praticá-los é a verdadeira caminhada para o céu.


4. Comunhão – “batizai-os em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo” (Mt 28,19). A Boa Nova de Jesus é Trina. Ele não age solitário na busca das almas, mas em fraternidade perfeita e orante. Possuem uma só alma e coração.


5. Eternidade – “Quem permanecer em mim e eu nele, esse dá muito fruto; porque sem mim nada podeis fazer” (Jo 15,5). Jesus estará conosco sempre, em qualquer situação, pois, o apaixonado por nós mais se mostrará quando nos fizermos próximos na defesa dos inocentes e promovermos a mística da vida nova.


6. Compromisso – “por que ficais parados olhando para o céu?” (At 1,11). Olhamos para o alto para servir a terra e cultivá-la com justiça e esperança. Nossos braços se estendem para dar frutos numa espera ativa e atenta aos sinais dos tempos. Nos comprometemos a fazer o bem como Jesus fez para viver com Ele no céu.


É preciso ascender nos ideais cristãos e lutar pela dignidade dos povos.


Pe. Nilton Cesar Boni, cmf

Missionário Claretiano, sacerdote, formador do Filosofado Claretiano em Belo Horizonte/MG

Comments


Destaques

Anuncie aqui
bottom of page