top of page

Santuário inaugura Capela da Relíquia

Espaço vai abrigar fragmento do corpo da Santa das Causas Impossíveis; Missa no dia 22/11 será presidida pelo Bispo Auxiliar de Curitiba, Dom Reginei Modolo


Foto: Pascom

Curitiba ganha nesta quarta-feira (dia 22 de novembro) mais um espaço para venerar Santa Rita de Cássia, a Santa das Causas Impossíveis. Chamado de Capela da Relíquia, o espaço será inaugurado às 19h, na Paróquia Santuário Santa Rita de Cássia [rua Padre Dehon, 728, Hauer, Curitiba-PR] e abrigará uma Relíquia de Primeiro Grau, que é um fragmento de osso do corpo incorrupto [corpo intacto] de Santa Rita. A cerimônia contará com missa solene presidida pelo Bispo Auxiliar de Curitiba, Dom Reginei Modolo.


A relíquia, certificada pelo Vaticano, já está no Santuário desde 2017 e pode ser vista pelos devotos nas novenas realizadas no dia 22 de cada mês. Como explica o pároco, padre Maicon Frasson SCJ, “o objetivo da Capela com a exposição da Relíquia de Primeiro Grau é permitir uma proximidade ainda maior do público com Santa Rita e uma oportunidade para os devotos agradecerem e pedirem sua intercessão todos os dias”.

Reitor do chamado “Santuário das Rosas”, padre Maicon relata que a Relíquia foi trazida da Itália por um antigo sacerdote que atuou no Santuário. “Após a morte deste sacerdote, a família resolveu doar o relicário à paróquia para que pudesse ser exposto, permanecendo próximo aos devotos”, complementa.


Projeto

O projeto da Capela da Relíquia foi elaborado por João Zabel - mesmo projetista do presbitério e do painel do Santuário das Rosas - e dialoga com as demais estruturas existentes. Já o mosaico que integra a composição foi desenhado pela artista plástica Inês Grisotto - também responsável pelo mosaico da Capela do Santíssimo do Santuário – e envolve os símbolos que fazem parte da vida de Santa Rita como as abelhas brancas, as rosas e o figo.


Um dos pontos a destacar, observa padre Maicon, é que a edificação da capela, contou com o suporte financeiro de 1.120 famílias que participaram ativamente da campanha “Sob o olhar de Santa Rita”, aberta no mês de maio deste ano. “Essas famílias colaboraram com valores diversos e tiveram seus nomes gravados nas paredes que dão sustentação ao mosaico da nova capela e ficarão eternizadas em nosso Santuário”, comenta.


Raridade

De acordo com o pároco, o “Santuário das Rosas” recebe centenas de pessoas ao longo da semana, especialmente nos dias 22 de cada mês e às quintas-feiras, quando são realizadas as novenas perpétuas em honra à Padroeira. “Entendemos que isso deve se acentuar ainda mais a partir de agora, com devotos e paroquianos de todo o país enchendo de rosas o altar dedicado à nossa intercessora, Santa Rita de Cássia – a popular Santa das Causas Impossíveis”.


Padre Maicon entende que “esse é um momento de muitas graças na comunidade. No começo do ano tivemos a oportunidade de inaugurar uma imagem de Santa Rita na Pedra da Oração e agora reforçamos ainda mais o devocional com a exposição da Relíquia, algo realmente muito particular e raro em todo o mundo”, enfatiza.


Foto: Pascom


História e vida de fé

Santa Rita nasceu na Itália, em 1381. Chamada Margherita, ganhou o carinhoso apelido de Rita com o qual seria conhecida no mundo todo, associado ao título de “Santa das causas impossíveis”.


Segundo o Papa João Paulo II, “Rita foi reconhecida ‘santa’ não tanto pela fama dos milagres que a devoção popular atribui à eficácia de sua intercessão junto de Deus. Porém, muito mais pela sua assombrosa ‘normalidade’ da existência quotidiana, por ela vivida como filha, esposa e mãe, depois como viúva e enfim como monja agostiniana”.


Rita morreu no mosteiro de Cássia, em 22 de maio de 1457 e não foi sepultada; seu corpo permaneceu exposto no oratório até 1595, ocasião em que foi transferido para a igreja anexa ao mosteiro, hoje dedicada a ela. “O seu corpo permanece incorrupto e dele provém o pequeno fragmento de osso que agora expomos aqui em Curitiba”, argumenta padre Maicon, lembrando que o Santuário também possui uma Relíquia de Segundo Grau – um fragmento de veste utilizado pela Santa.


Serviço

O que: Inauguração da Capela da Relíquia de Primeiro Grau de Santa Rita de Cássia com missa solene presidida pelo Bispo Auxiliar de Curitiba, Dom Reginei Modolo

Quando: 22/11, às 19h

Onde: Santuário Santa Rita de Cássia [rua Padre Dehon, 728, Hauer, Curitiba]

Horário de missas: Dia devocional (22 de cada mês): 7h, 9h, 16h e 19h (missas com novenas) / Novena perpétua (toda quinta-feira): 9h, 16h e 19h

Comments


Destaques

Anuncie aqui
bottom of page