Santo Hilário, Papa

28 de fevereiro

46º Papa da Igreja Católica (440-461)

Nasceu na Toscana, Itália, cujo pontificado teve como objetivo fundamental a defesa da unidade e da ortodoxia na igreja ocidental, com à desintegração do Império Romano.


Eleito sucessor do papa Sisto III (440), defendeu com firmeza o primado de Roma na jurisdição da igreja e sustentou ter sido esse poder outorgado por Cristo somente a São Pedro, que o transmitiu a seus sucessores.


Combateu vigorosamente as heresias, como o nestorianismo e o pelagianismo, por meio de uma formulação sistemática da doutrina ortodoxa. Sua defesa da doutrina da encarnação de Cristo, num documento contra o teólogo Eutiques de Constantinopla, foi aceita como verdade dogmática pelo Concílio de Calcedônia (451).


Entrou para a história como um gênio da diplomacia e angariou tamanho prestígio que com os bárbaros as porta de Roma, reuniu-se com Átila e conseguiu impedir que os hunos atacassem Roma (452), bem como que os vândalos saqueassem a cidade, após a ocupação (455) e, mais que isso, fazendo com a Igreja sobreviesse à queda do Império Romano.


O papa de número 46 faleceu em Roma e foi São Hilário (461-468). São conservadas 432 cartas e quase cem sermões de sua autoria, expondo sua teorias e doutrinas, foi declarado doutor da igreja por Bento XIV.


Fonte: Portal São Francisco

Clique aqui para conhecer mais histórias de outras santas e santos.

Clique aqui para conhecer outros Papas da Igreja Católica.

3 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Siga nossas redes sociais

  • Facebook
  • Twitter
  • YouTube
  • Instagram

“Cristo é simultaneamente o conteúdo e a fonte do que a Igreja comunica ao proclamar o Evangelho”.

 

Aetatis Novae, Instrução Pastoral do Pontifício Conselho Para as Comunicações Sociais.